Sigam-me os bons!!!!!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

no pula pula!

A preguiça de postar hoje está forte então... fiquem com esse vídeo do Gui amarradão no Pula Pula!


video

E ae, gostaram? É assim o dia todo. Frenético. 

Guenta mamãe, guenta! 

beijokas :)

domingo, 26 de fevereiro de 2012

o menino rouco!

E o Gui tem ficado constantemente rouco. Isso mesmo. Rouquinho da silva. Está sempre gritando por tudo e por nada.

Mamããããeeeeeee!!

Mãeeeeeeeeee!!


ai eu digo num tom baixo para dar O exemplo kkkk 'meu filho, mamãe está aqui do seu ladinho, não precisa gritar!!!'

 E de nada adianta que novamente rola outro gritinho. No final do dia fico como, né? #ozouvidotudopira

Toda vez que o pai vai dormir cedo é um auê. Primeiro porque ele quer porque quer ficar no quarto junto do pai. Ok. Eu deixo. Penso que será uma ótima oportunidade dele dormir sem teta, já que até hoje ele só dorme após muito mamico. Então ele fica lá deitado ao lado do papai todo coberto... e o pai louco para dormir(acorda bem cedo pra trabalhar) e do nada ele começa a falar sem parar. Bem, se o problema fosse ele falar sem parar num volume adequado para o horário, beleza. Mas não... a criança fala aos berros e lá vai a mãe tirá-lo de lá para deixar o pai dormir em paz.

Siferrei nessa. Tiro a criança transtornada do quarto, agora boladona porque queria bagunçar na cama e logicamente é uma luta  conseguir fazê-lo dormir. Mas eu sou phoda. #depoisdehorasderesistênciaeuconsigokkkkkkkkkkk

Se não bastasse passar o dia falando num volume bem alto, o Gui late. Isso mesmo, cão brabo. Latido alto e forte. hahahahahahahahahahahahahahahahahaha. E quando é contrariado então... além das birras sinistróides, ainda tenho que aguentar um pirralho-loiro-coisamarlindadomundo-metido a cachorro. Late para me enfrentar. Hunf... que abusado.

é mole?

sábado, 25 de fevereiro de 2012

o cisco!

Ao chegarmos num bloco de carnaval aqui perto de casa, após jogar muito confete para cima, reparei que um olho do Gui estava com um cisquinho. Imaginei que tivesse sido um resquício da poeirinha do confete.

No dia seguinte (na quarta feira de cinzas) vi que o tal cisco permanecia e mostrei ao Rafael para ele dar uma olhada. Na hora rolou uma dúvida. Poderia ser um cisco mesmo, ou de repente um vasinho rompido. Opa. Pera lá. Agora ficou sério.

Passei 2x algodão com soro fisiológico e nada daquela coisinha sair do olho do Gui. Po, será que era algo sério mesmo????? O problema que estava meio que em alto relevo, realmente não parecia vaso rompido.

Liguei para alguns hospitais infantis 24h que o meu lindo plano cobria e nenhum com oftalmologista de plantão. Bem, também o dia não era o dos melhores, quarta feira de cinzas. Como ele estava tranquilo e cossava pouco, achei melhor levá-lo na quinta.

Pois bem, o levamos e relmente era um cisco. O problema que essa coisa chata era um pedaço da pata de um inseto e ficou meio que cravado, por isso que não saiu fácil quando eu passei o algodão com o soro. O oftalmologista teve que dar um colírio anestésico para conseguir tirar apenas com um cotonete a tal patinha.

Gui ficou bem bolado com a situação. 3 adultos o segurando. Ele chorou bastante. Lógico, dói. Mas logo voltou a conversar com o doutor e imitou o cachorro, o gato, o dinossauro(oi?), o passarinho e o macaco. Ficou de bem com ele kkkkk.

Fora o susto está tudo tranquilo. Não chegou a furar, e nem sangrar. Apenas ficou bem preso. Ele receitou um colírio e ele no dia seguinte a irritação já tinha ido passear.
Pai todo orgulho com o título da sua escola de coração.
E claro, não resisti e comprei uma camisa pro Gui também!

Meu folião campeão do carnaval!!!


terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Gui Folia - Parte III

20/02 - "Largo do machadinho, mas não largo do suquinho"

Ano passado fomos nesse bloco e adoramos. E esse ano marquei de encontrar com deus e o mundo...
Juro que nem consegui dormir direito com medo de não acordar a tempo e sair atrasada... Acordei cedo, e preparei a turma aqui toda no horário programado. 

A concentração do bloco estava marcada para 10h. Meu primo ofereceu carona, e acabou chegando um pouco em cima da hora( as 10h). Beleza. Só que ainda fomos buscar outro primo. Ok. Resolvemos pegar um caminho que saía na boca do bloco. Mas esse caminho passava pelo sambódromo... ou seja, se phodeae... ruas interditas. Plano B em prática. 

Um engarrafamento cruel, ainda mais quando tem 3 crianças no carro. E os minutos passavam tão rápido e foi me batendo uma tristeza... e uma cólica filhadaputa. É, esqueci do Chico. E o pior... estava vestida com roupa branca e sem um absorvente na bolsa. Mimata, vai! 

Demoramos quase 2 horas para chegar ao bloco. Quando pisamos na praça, vimos muitas famílias indo embora... mas do nada escuto um som bem baixinho e falei: Bora pra lá. E ao chegarmos finalmente no bloco... a última música foi cantada: cidademaravilhosacheiadeencantosmilcidademaravilhosacoraçãodomeubrasil..... e as palmas tomaram conta do bloco e FIM.

Ó não! Acabou de acabar. Não encontrei quase ninguém que tinha marcado. Que saco. Ainda mais de chico.



Papai e Gui na foto clássica do carnaval!

o bloco

Ah rá, tá ai a foto do meu SUPER GUI!

Para tudo. É muito lindo!

Doido pra ficar no chão e a mãe querendo foto!

Uma pausa prum mamico esperto.
E o papai de O poderoso paizão!

SUPER GUI EM AÇÃO!

fim de festa...

Quando vi pirei! Eu super precisava! kkkkk

domingo, 19 de fevereiro de 2012

Gui Folia - Parte II

Sábado - 18/02

"Cordão Umbilical"

Olha que nome lindo desse bloco, gente!!! No carnaval passado soube que ia rolar esse bloco e fiquei bem empolgada à espera dele... doce ilusão. Fiquei sabendo que ia ser no dia tal e o bloco saiu em outro dia. Fiquei muito bolada por não ter ido, claro que a culpa não tinha sido minha.

Eu ouvi falar que todo ano é essa lenga lenga, e #asmãetudopira querendo saber direito o dia e o horário.

Enfim, esse ano soube foi mais ou menos assim... nos fóruns de mães que participo via facebook, rolou o papo que o bloco concentraria 8h do sábado.  e lá fomos nós... é chegamos atrasados umas 8:30... mas não tinha uma alma penada na praça. Ok... Horas esperando ...

Gui deu mil voltas pela praça correndo e eu lá... com pizza em baixo dos braços (sabe aquela marca de suor em baixo das axilas que fica na manga da blusa... então eu chamo de pizza)
Gui de jogador de futebol argentino e seu amiguinho Arthur de hippie!!

O mamico esperto, né?
Com direito a beliscão na outra
teta.
 Enquanto o bloco não começava deu para tirar umas fotos e até rolou um mamico. Confesso que fiquei exausta..

tá, a roupa é grandinha...

digamos que ele acordou irritado...
e que ficou bem impaciente com a demora do bloco...
calma, ele não ia dar uma violaozada em ninguém.
kkkkkkkkkkkk
Birras e mais birras. Isso mesmo. O Gui agora está nessa fase terrível e a cada não que recebe vira um bicho. E bate os pés, se joga para trás, senta e até deita no chão.
olha que menor bolado minha gente!!!! Desdenhando
do papo reto que a mãe estava mandando...

Fico com uma raivinha interna que vocês não tem noção. Mas respiro fundo e chamo atenção dele.

Acreditem... o bloco só começou a andar depois de 10:30, não sei bem o horário certo. Ou seja... um calor duzinfernos!!!!!! O sol escaldante. E eu já megapowerblaster exausta do dia anterior, de ter acordado cedo a toa e da maratona que foi  acompanhá-lo em volta da praça até o bloco decidir se movimentar.

Enfim, não curti essa falta de consideração com quem tem criança. Um bloco infantil que divulga em cima da hora o horário certo a fim de evitar multidão, começa mó tempão depois e num horário nada apropriado para as crianças... juro, ano que vem nem vou.

*****

Voltamos para casa antes do meio dia e Gui almoçou, sonecou e aqui pelo bairro teriam mais 3 blocos ...

Partimos então!

Bem... como estava calminho, resolvi
deixá-lo no carrinho mais um pouco...
e ali brincou muito bem com o amiguinho e os confetes!

enquanto o bloco não passava pela gente... chuva de confete no chão

quanto confete!

Dessa vez a fantasia foi de chapolim!

ó, doido pra sair do carrinho!

a mãe ficou pirada!!! carrinho num canto, filho noutro...
 Muita birra minha gente! To chocadérrima. Arrasada. Apenas peguei a mão dele para que não corresse sozinho e ele ficou uma fera. Nossa, irreconhecível.

bem, para dar uma aliviada na tensão ele
pulou, pulou e pulou
A criança amou. Pena que durou apenas 5 minutos. Não saía por nada. A moça já nervosa e eu tentando tirá-lo. Minha gente, foi o ó essa situação. Quando consegui tirá-lo, mas ele chorou como se tivesse sido espancado. Um escândalo. Nossa, que saco essa fase.

Passa?



sábado, 18 de fevereiro de 2012

Gui Folia - Parte I

Sexta - 17/02

"Eu sou eu, jacaré é bicho d´água!!!" 

Esse foi o bloco que deu o pontapé inicial do nosso carnaval! Bloco concentrado na rua. Escolhemos um bar para ficarmos, levamos carrinho caso a creonça dormisse... Chegamos a tempo de curtir o bloquinho infantil e o Gui se amarrou muito na folia. Ficamos bem na meiuca do bloco e ali mesmo confetes e serpentinas aos montes foram jogadas para o ar... bem... Gui jogou tanto confete em mim que ... enfim... #aténoútero

Ao mesmo tempo que eu estava super feliz em vê-lo amarradão tacando confete, sambando ... fiquei meeeeeeeega tensa com a multidão. Fiquei o tempo todo agachada com uma mão meio que abraçando suas costas, sei lá né... já estou na muvuca, não posso dar mole e ainda mais tendo um filho que não fica parado.

Bem... já vi que meu filho é um folião nato.

Agora vou contar sobre a fantasia de Super Gui.

Pois é, ele NÃO QUIS VESTIR A CAPA. Ok, um calor da porra! Ah, mas fiquei arrasada. Todo dia ele brinca com a toalha de banho como capa. Posso com isso?????? 

#mãearrasada


Fico devendo a foto dele com a roupa do Super Gui. Ah gente, como eu ia tirar foto dele no meio do fuzuê todo. #mãeresponsa! kkkk

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

Esquentando os tamborins

E o carnaval chegou por aqui minha gente. E como sempre eu esqueci de providenciar fantasias para a família Bricio Joaquim de Farias!!!! Bem, tirando o maridão que nem se importa hehehehe eu adoro me fantasiar e claro, amo o Gui fantasiado. Se ele curte eu não sei, né? #abafa

Carnaval passado arrumei uma fantasia de Bambam para ele e que por sinal ficou um luxo!!!! Super combinou com ele.

Esse ano queria algo diferente. Mas a pessoa aqui não é nada prendada quando o assunto é costura. A minha mãe estava toda atolada resolvendo pepinos do consultório novo, e ela ainda tinha que resolver outras coisas pois viajaria no carnaval, ou seja... deu ruim!

Bem, ontem fui fazer uma visita a ela já que ela vai viajar por uns dias e segundo ela... ia morrer de saudade do netinho coisamarlinda! E quando cheguei lá ela estava fazendo uma capa vermelha para o Gui, não sei qual o tipo do tecido! A sorte que eu levei uma camiseta branca manchada para ela lavar #éeunãoconsigotirarmanchas e marido desenhou um escudo com as letras S e G, de Super Gui no feltro. Ainnnnnn!!!! Demos um pulinho no shoppis rapidinho e compramos um shortinho tipo tapa fralda, para ficar confortável ao invés de usar uma sunga...

olha como ficou gente!!!!




Mais tarde vamos levá-lo num bloco perto de casa e amanhã postarei fotos do meu super herói!

beijos e um ótimo carnaval para quem curte!!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Posso com isso?! - Parte XIII

Ai gente... esse menino me vem com cada uma que pelamordedeus!!!

Bem, vou contar...

Ele agora aprendeu a falar cocô. E toda vez que ele faz, avisa. Depois que fez, claro. E fica horas repetindo a palavra cocô... mesmo depois de ter limpado a buzanfa!

*****

E por aqui o tenho deixado bastante sem fralda por causa do calor. E ele mesmo tira sua fralda. Me entrega e fala: Cocôôô! (#gritando)

Realmente algumas vezes a fralda está premiada... e ele solta assim: Hunf, mamãe! Hunf!

Quando a fralda está apenas mijada eu digo que não tem cocô e mostro dizendo que ele só fez o xixi. Ele ri e novamente aponta dizendo que tem cocô.

Ok, para ele na fralda sempre tem cocô.

*****

Aqui a porta do banheiro sempre fica fechada por causa dele. Eu fico muitas horas sozinha com o Gui e não posso me dar o luuuuuxo de 'pensar' no banheiro com a porta fechada, a porta fica aberta... então ele me vê fazendo os numbers one e two. Fato.

Independente do que eu fiz (1 ou 2) assim que eu levanto e dou a descarga ele aponta para o vaso e diz: Cocô! Cocô! A única coisa que eu faço é rir, né??

*****

O baixinho bocudo (leia-se, o vaso sanitário) é a novo brinquedinho do Gui. Pois é, mimata!!!! E não posso dar mole de deixar a tampa levantada que ele coloca alguma coisa dentro. Todo dia ele coloca algo, e grita: Mamãeeeeeeee, cocô! pega minha mão e me leva até o banheiro... respiro fundo para que não encontre nada de valor ali boiando... normalmente ele põe nota fiscal, boleto de cartão... ele não é bobo nem nada de jogar seus brinquedos, né!!!!

Ah, já compramos várias travas... mas a criança aqui arranca, tá ok?
*****

Ontem após curtir um dia na praia, fomos jantar frutos do mar... Gui comeu bem (aleluia) e depois de ficar quietinho e já com a barriga cheia... nada mais perfeito que umas birrinhas para descontrair o ambiente... #ospaistudopira

Bem, coloquei a criança no sling e fiquei passeando com ele pelo restaurante... dei um pulo no banheiro feminino para lavar as minhas mãos. Uma senhora entrou, brincou com o Gui e usou uma das cabines. Eu e Gui brincandode dar careta para o espelho e essa senhorinha saiu e deixou a porta aberta. Zenti, imediatamente o Gui olhou a porta aberta, apontou para o vaso e berrou: Cocô! Cocô! Mamãe, cocô! Cocô!

Só sei que ela ao sair do banheiro nem quis mais conversa conosco. KKKKKKKKKKKK

Quando cheguei na nossa mesa tive que contar para meu marido e para nosso amigo que se escangalharam de rir. #morrideinveja

*****

POSSO COM ISSO????

MEU FAZ MERDINHA DA ESTRELA!

P.S. Hoje é o aniversário de uma blogueira que é um Loooooooooxo!!! Parabéns Mari Hart, mamãe polvo!!!!!!!

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Conhecendo a Ingrid, do Desconstruindo a mãe!

Recebi um convite via facebook assim: Encontrando Ingrid a Lôra ...

E fiquei bem contente com a notícia da vinda da Ingrid, a mamãe da Larissa e do Caio e blogueira do Desconstruindo a mãe!!!!

Imediatamente confirmei a presença no encontro. #mesmosemterolhadoquandoeonde

O problema que as blogueiras caRIOcas tremeram na base com a greve decretada da Polícia Militar. Eu confesso que se o encontro fosse longe daqui de casa eu ficaria bem com medinho também.

Enfim, quando soube que ela estaria no bairro da Tijuca #gente,natijucatemnoção!!!! resolvi ir vê-la já que ela trabalharia na escola que minha irmã estuda que é bem pertinho da casa da minha mãe. Pegamos os números de celulares e na hora que eu estava chegando na porta da escola ela me liga dizendo que estava liberada.

os Loros!

Falai gente, meu filho é um amorzinho, né?
Fizemos um convite ao casal. Eu e marido íamos mais tarde no ensaio de rua da escola de Samba Vila Isabel, e não custava nada chamá-los, né? O problema que eles estavam 'hospedados' no convento na escola e o como o ensaio acaba tarde... eles preferiram curtir um pôr do sol no Arpoador. Os levamos até o Metrô e olha nóix ae!!!

Paulo(maridão da Ingrid), Lora, Gui, Rafael e eu(estou obesa na foto, meldels)
 Adorei conhecê-la pessoalmente. Simpática ao extremo. Um doce. Vontade de apertar de tão legal que é.

Bem, no dia do tal encontro não rolou nada. E pelo facebook trocamos mensagens novamente e combinamos que antes deles partirem para Porto Alegre eu daria um pulinho la na escola para dar um até breve.

Saí de casa meio atrasada(pra variar) mas deu tempo de passar na Casa do Biscoito e comprar uma lembrança bem caRIOca para eles. É comprei dois pacotes do BISCOITO GLOBO. Um doce e o outro salgado. Melhor não há!!!!

No colinho da nova titia vendo foto dos 'Au aus' dela.
 Depois demos uma passada na Casa do Biscoito para eles comprarem uma caixa de Guaravita que é sucesso lá na casa deles.


Não poderia faltar a foto na loja.

Pena que foram encontros bem rapidinhos. Mas espero que voltem mais e mais vezes. E com as crianças!!!!!

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

E assim surgiu o Mulher que pariu!!! Blogagem Coletiva-Mamatraca!

A mulher que pariu esse blog e a coisamarlinda do meu mundo vai contar como surgiu isso aqui.

Bem, em primeiro lugar eu sempre detestei escrever #eaindadetesto. Detestei pelo fato de sempre ter sido avaliada em tudo o que eu escrevia. Na escola a redação tinha que ser perfeita, a resposta na hora da prova também... e eu simplesmente criei um bloqueio de medo que me fez levar muita bomba em português... mas isso é passado#nãoofatodelevarbombakkkk. 

4 meses pós parto eu me encontrava triste e com um nó na garganta que estava acabando comigo. Nó esse que fez com que eu fizesse meu relato de parto debaixo de muita lágrima. Chorava em casa palavra escrita. Escrevia, escrevia. Apagava tudo. Chorava. E não tinha coragem de publicar.

Eu não conseguia expor através das palavras o quanto eu sofri naquela mesa de parto super gelada sem a companhia do pai do meu filho, do medo que eu senti de morrer ou de que algo sério acontecesse com o meu filho por punição por eu ter sido firme em minhas convicções e ter tido coragem de dizer NÃO para uma cesária desnecessária, e a vergonha de simplesmente expor a minha vida e os meus sentimentos assim abertamente... sei lá algo me travava.

Mas eu sentia uma angústia tão profunda que eu precisava externar de alguma forma.

No dia da alta, ao chegar em casa pensei que toda a energia negativa daquele hospital bizarro tinham ficado lá. E que no meu habitat natural eu ficaria em paz dando mamico a cria. Que nada. Cadê o leite??? E aí começou o meu tormento. O meu leite não dava sinal de vida, as tetas que sempre foram tetudas estavam xoxas. Ah, para piorar a situação, meu filho chorava horrores e os pitaqueiros de plantão enchendo o meu saco para dar o leite artificial. E ele não tomava de jeito nenhum. No final da noite eu implorei para meu maridón ligar para a esposa do primo que era Doula.

Do nada vejo uma luz no fim do túnel sabe? Era ela, Gabi. A doula e blogueira do A mãe sou EU!!! Eu já acompanhava o blog dela, li o relato de parto e chorei litros, através do relato dela e de outra prima  eu decidi pelo parto normal e achava o maior barato acompanhar um blog materno. Do dela eu conheci outros blogs: Mamãe tá ocupada, Meu projetinho de vida, Inventando com a mamãe, Desconstruindo a mãe, Um blog de mãe... nunca comentava. Apenas lia.

Um belo dia resolvi criar o meu. Para expor tudo o que me assombrava. Tentar soluções com a troca de experiências com outras mamíferas. Eu estava cansada dos pitacos da família. E entrei de cabeça nessa bloguesfera materna. Ao ponto de passar o dia todo com o Gui pendurado nas tetas e esperando a atualização de algum blog. #oi?nãotemoquefazer? E acreditem, foi a melhor coisa que eu fiz foi criar o MEU blog. Apesar da exposição toda, né é a minha terapia.

Ah, mas e o nome? Pô, MULHER QUE PARIU é um nome FEIO! Sim, recebi um comentário dizendo que o nome do meu blog é feio. Hãm? E as minhas celulites de preocupação???? Escolhi esse nome numa fase da minha vida onde eu me encontrava frágil e inexperiente recebendo metralhadas de pitacos de todos os lados. E para não mandar o povo pra p*!@ que pariu, resolvi mostrar que MULHER aqui que pariu.

Conheci várias Blogueiras pessoalmente. E é muito irada aquela sensação de ficar frente a frente com elas. Rola até um frio na barriga, sabe? E a tristeza que dá quando chega a hora da despedida, como pode? Tive o enooooooooooorme prazer de conhecer algumas blogueiras.

Enfim, está aqui a minha participação!
Espero que tenham gostado.

Esse post é parte da Blogagem Coletiva proposta pelo Mamatraca.

Dilemas de uma mãe - Parte II

Gente!!!!!

To arrasada. Gui não tem aceitado comida direito. Come suuuuuper pouco. Quando eu digo pouco, não em quantidade como o de costume. E sim na variedade. Antes comia poucas colheradas, mas no seu prato tinha de tudo.

Na última crise de mentex (o surgimento de mais um dente) ele passou a negar qualquer coisa que era oferecido a ele. Inclusive as frutas.

Fiquei tranquila, pois toda vez que surgia mais uma mentex acontecia isso dele não aceitar nada.

Beleza. Ele ainda mama nas tetas.

Só que a crise já foi embora, e ele não quer comer quase nada.

Na hora do rango, ele senta e fica catando com a mão de grão em grão o arroz (integral ou branco), o milho ou o macarrão (integral). Ah e só aceita carne moída. As vezes rola um franguinho e peixe. Ovo mexido (sem nada).

O feijão ele cospe. A cenoura também. As 'arvorezinhas'(brócolis, alface, couve flor...) ele dá beijinho e devolve para o prato. Isso mesmo. Tudo que ele não quer ele dá uma bitoca e bota novamente no prato.

Fico aqui com meus botões pensando e torcendo para ser uma fase chatinha, que pelo menos ele tem o leite materno para alimentar aquele corpitcho todo.

Mas aí é que está. O Gui ainda mamica em LIVRE DEMANDA. Eu nunca impus uma rotina para o mamico. Na verdade eu não lido muito bem com rotina. Simplesmente não consigo. Falho mesmo. E por mais que eu tente criar 'rituais' hehehehe as vezes dá certo. Outras vezes não.

Ouço constantemente que já era para tirar o MAMICO. Oi? Tirar o mamico pra que? Quem quer tirar? Na boa, acho que isso é algo que só diz respeito ao mamicador e a mamiqueira. Odeio ouvir que devo ser insegura e por isso não tiro o peito dele. Vamos pensar um pouco. O dia que ele quiser parar, ele vai PARAR, certo? Não vou ficar esfregando a teta nele para não largar essa pobre mãe. Loucura pensarem algo desse tipo de uma mãe que amamenta o filho. Pelamordedeus!!! O slogan do ministério da saúde informa que é muito bom o aleitamento prolongado. Vão a mierda, ok? hehehehehe

EU ainda amamento pois vejo que não há necessidade por enquanto de não fazer. Não estou trabalhando ainda. Fico o dia todo com ele. Produção sempre bombando. Ora, porque não?

"PORQUE ELE NÃO ESTÁ COMENDO DIREITO. PREFERE O MAMICO À COMIDA. VAI CRESCER E NÃO VAI COMER NADA QUE NEM VOCÊ."

Olha eu tenho ficado tão chateada com isso. Sempre que a hora do rango chega me dá aquela tristeza, sabe? Eu e Rafael sempre fomos disciplinados quanto a alimentação do Gui. Nada de besteirices ou gororobas para ele. Mesmo com um mundo cruel oferecendo tudo para ele na nossa cara. E agora ele não quer comer.

Mesmo acostumando com a livre demanda, eu sempre tentei não dar o mamico quando o horário da comida se aproximava. Mas ele sempre Ogrinho vinha como um touro para cima do peito. EU não conseguia negar.

Não sei o que fazer. Estou completamente estressada com isso. Não desisto de oferecer absolutamente nada. Mesmo ele não aceitando, no prato dele tem. Alguma hora ele comerá. Só preciso ter paciência(mais uma vez) pois tenho certeza que isso é apenas uma fase.

Agora quanto ao mamico, vou continuar!!

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Cagadas da vida - Parte III (a e b)

A)

Gui acordou 10h da manhã e eu tinha combinado com minha mãe que levaria minha irmã ao treino de volei por volte de 14h, ou seja, o tempo estava bem apertado. Tomamos banho juntos para poupar tempo. Arrumei a mochila e abasteci com pomada, 2 mudas de roupa, carrinhos (né), água, fruta... e fralda. Ih, a fralda 'boa' acabou!!!!!! Ah, vai com a 'ruim' mesmo. 

Pensei com meus botões que assim que chegasse à casa da minha mãe compraria um pacote da fralda 'boa' e estaria tudo certo.

B-o-b-i-n-h-a!!

Slingando até o ponto de onibus toda serelepe pimpona sinto um molhadinho na minha blusa e pensei que era um molhado de suor, tipo quase 40º hoje... 
B-o-b-i-n-h-a!!
e no ônibus tiro o Gui do Sling e sinto novamente um molhado e vi que era do short dele. Porraaaaan, fiquei bolete! Que fralda sem vergonha que não segurou um mísero pip´s!! ok, a mágoa com a fralda passou e era um tal de senta e levanta no meu colo e ai deu para ver que o que tinha vazado era coc´s e não pip´s! #mimataplease|! Nem me lembrei que ao acordar não rolou o coc´s matinal! hunf!!!

Filho + Mãe + Sling CAGADOS! E para melhorar tudin... o dia estava o catiço de quente. Ai adoro!!!!!


Beleza... cagados. Só que o busão estava cheio. Filho em pé no meu colo além da mochila. Não tive competência para trocar a fralda naquele momento. Juro que já troquei em mil lugares, mas dessa vez não rolou. Mas e a sensação de está tuda suja, sabe? A sorte que esse coc´s foi meio de leite materno, sabe? Não fedeu.( Gui não está comendo nada!!!) Que 'sorte'! kkkkkkkkkkk

Ao chegar na casa da minha mãe comprei a fralda 'boa' e rolou o banho básico em ambos.

*********
B)

Recebemos a visita da minha amiga Alê. Foi ótimo. Gui fez gracinhas para ela se derreter toda como de praxe... e por volta das 21h aproveitando o frenesi todo por causa da visita(Oi? como se não fosse assim sempre, hehehe) acompanhamos a Alê ao ponto de ônibus.

Chegamos no ponto e ficamos batendo papo enquanto o ônibus não chegava... e o Gui suuuuuuuuuuuper quietinho no carrinho. Até então pensei que ele poderia está com sono, sei lá né...

E conversa vai, conversa vem...

Gui me chama e pôe na minha mão uma coisinha tipo uma casquinha de sei lá o que, na hora não pensei em nada. Dei aquela fungada básica para saber o que era e não consegui identificar.

Menos de 2 minutos depois o Gui novamente me chama. Olho para ele e o vejo tentando se livrar do cinto de segurança do carrinho. Pedi para ele esperar mais um pouco e ficar sentado. Ele inquieto me chamou outra vez e colocou a mão no meu nariz, e senti um melado fedorento. Imediatamente fui dar aquele 'confere' na fralda e lógico que o 'confere' foi meter a mão pois a iluminação da rua não era lá essas coisas...

Bem...

Como fui suuuuuuper bem rapidinho na rua, não pensei em levar o porta fraldas, até porque ele tinha feito coc´s 2x no dia. Ele já estava de banho tomado e era só voltar da rua e pam 'nas teta' pra tchum na cama. É, meu plano falhou.

...

Respirei fundo e o tirei do carrinho e o coloquei em pé. Tirei a fralda cagada ali mesmo no meio do ponto de ônibus, dei aquela limpada básica com a própria fralda e coloquei o short. Infelizmente não tinha nenhum papel para limpá-lo. Ai que raiva que eu fiquei de mim. Sempre saio com o kit sobrevivência dele. Todo mundo diz que sou A exagerada por carregar a porra toda e viu no que deu??? Filho com o bumbum  e a mãe com a mão e a ponta do nariz sujos! 

Diz ae, eu mereço essas cagadas!

Beijos e prometo voltar com as postagens!!! Deu pregui...ça!